Notícias

Confira as principais informações do setor

Reunião Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Culturas de Inverno

No último dia 14 de março, em Brasília, a ABITRIGO participou da reunião com Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Culturas de Inverno, onde foram discutidas questões que envolvem a safra de trigo 2017/2018. Há uma preocupação com o excedente mundial, principalmente na América do Sul, e a expectativa de redução da área de plantio do trigo no Brasil, que dará espaço a outras culturas mais rentáveis aos produtores.

Em relação à Resolução nº 138 de 09 de fevereiro de 2017, referente aos novos limites de micotoxinas, a Câmara concordou com a proposta da ABITRGO de reunir MAPA, ANVISA e toda a cadeia que envolve o cereal para discutir os valores do Desoxinivalenol (DON) e da Zearalenona (ZEA) que passarão a vigorar a partir de 2019. Uma das alternativas a esta questão será a orientação para os produtores buscarem variedades de trigo mais resistentes à giberela.

Sobre os agrotóxicos, o Grupo Técnico coordenado pela ABITRIGO solicitou à Câmara uma nova reunião com o MAPA e a ANVISA para debater os Limites Máximos de Resíduos (LMR) que foram apresentados para discussão junto ao MERCOSUL.

Por fim, após suspensão solicitada no passado pela ABITRIGO para reavaliação dos procedimentos, o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) voltará a realizar suas atividades apenas a caráter de estudo, com o objetivo de avaliar os reais riscos à saúde dos consumidores.

Fonte: ABITRIGO