Notícias

Confira as principais informações do setor

Nutricionista explica a importância de aliar sabor e nutrição à mesa

A alimentação só é considerada balanceada quando contém quantidades adequadas de vitaminas, proteínas, carboidratos e minerais para que o organismo e a mente trabalhem melhor e mantenham a saúde sempre em dia. Mas desenvolver bons hábitos alimentares não significa comer sem prazer.

De acordo com Vanderli Marchiori, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias do Trigo (ABITRIGO), a hora da refeição deve ser um momento de calma, amor e satisfação. “A ausência de prazer durante a alimentação pode ser o grande gatilho para o aparecimento de compulsões e transtornos psiquiátricos, como anorexia, bulimia, entre outros”, explica.

Com a facilidade ao acesso e troca de informações por meio da internet, dicas e mitos sobre cardápios restritivos são veiculados na mídia e em blogs por pessoas não especializadas e sem a menor responsabilidade pelo impacto das mensagens transmitidas. Com tanta “desinformação” e modismos, muitas vezes a tarefa de montar um prato saudável pode parecer difícil. “A busca pelo corpo ideal em tempo recorde leva homens e mulheres a dietas malucas que certamente prejudicam em curto ou médio prazo a saúde. Por isso, apresentar um comportamento de inclusão dos alimentos e fazer com que isso vire hábito é muito importante”, conclui Vanderli.

Pensando em um menu completo, que alia sabor e nutrição na medida certa, a nutricionista sugere algumas opções equilibradas e deliciosas. Confira:

Café da manhã

  • Um copo de suco natural
  • Três torradas integrais
  • Uma colher de geleia light
  • Uma taça de saladas de frutas

Lanche da manhã

  • Duas castanhas do Pará

Almoço

  • Rúculas com abacaxi picado
  • Filé de saint peter com shitake
  • Ravioli de abóbora ao molho de tomate com salvia

Lanche da tarde

  • Uma fatia de bolo de limão
  • Um copo de suco de frutas com uma colher de gérmen de trigo

Jantar

  • Sopa de batatas com mandioquinha e espinafre

Ceia

  • Uma banana com mel e aveia

Por fim, a nutricionista explica que seguir uma dieta indicada por algum familiar, amigo ou por blogueiros e celebridades pode ser muito prejudicial à saúde. “O ideal é procurar um profissional de nutrição para que as orientações sejam feitas de acordo com as necessidades e objetivos de cada paciente, sem deixar de lado a prática de atividades físicas, que aliada à alimentação garante resultados satisfatórios”, conclui.

______________________________________

Assessoria de imprensa ABITRIGO:

Tree Comunicação

Mariana Ortiz
(11) 3093-3618
mariana.ortiz@tree.inf.br

Kelly Viana
(11) 3093-3614
kelly.viana@tree.inf.br

Fonte: ABITRIGO